Páginas

Barbie e Ken celebram as bodas de ouro


foto
Há 50 anos, quando tinha os lábios vermelhos e seu cabelo ainda não era tão loiro, Barbie conheceu o homem de seus sonhos: Ken, que, nos anos 1960, era moreno e não tão musculoso. Para comemorar as bodas de ouro do casal, o shop-ping Pátio Higienópolis recebe a exposição Barbie & Ken - O Casal Perfeito, que abre amanhã e fica em cartaz até o dia 28 de fevereiro.

Carlos Keffer, proprietário de 539 unidades da boneca criada por Ruth Handler, assina a curadoria. O colecionador coloca em exibição raridades de seu acervo, como a primeira versão de Ken, datada de 1964, que dobrava os joelhos, e o primeiro Ken negro, posto à venda no início dos anos 1980.

As roupas e acessórios do casal de bonecos remontam às diversas tendências da história da moda. Estarão na exposição os modelos que prestigiaram desde a alta-costura francesa até a era hippie dos anos 1960, além de peças que lembram a disco da década de 1970 e a new wave dos anos 1980.

Há também a Barbie ginástica, sucesso no começo dos anos 1990.

A história, porém, não é só flores. Em 2004, o casal teve um comentado rompimento. Solteira, Barbie teria arranjado outro namorado, o surfista australiano Blaine. Porém, o loiro bronzeado parece não ter preenchido o vazio deixado por Ken, já que, em 2011, o casal se reconciliou, com direito a repaginação do cinquentão.

Ken é dois anos mais novo que a namorada, 1 cm mais alto e continua loiro, mas ostenta uma franja ao estilo Justin Bieber. O boneco dele ganha, também, sua primeira versão que fala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário